Reserve Agora logo

Dicas de Bangkok: um roteiro na capital da Tailândia

Priscila Reis| Set 4, 2013 | O que fazer

Dicas de Bangkok: roteiro de 3 dias na capital da Tailândia –

Bangkok foi a primeira cidade que conheci na Ásia. Era minha lua de mel e eu sonhava com a Tailândia, sem saber ao certo o que eu iria encontrar. Ao chegar lá, tive a certeza de que havia feito a escolha certa e que aquele lugar iria me transformar num ser humano melhor. Alí, aprendi que um sorriso sem dente vale mais do que mil palavras e que basta ter fé para ser feliz.

Embora chegar à Tailândia seja cansativo, principalmente para quem sai do Brasil, todo o cansaço da viagem é recompensado pela diversidade cultural do país, suas cores vibrantes, aromas marcantes e a estonteante beleza local. Posso dizer,  com todas as letras, que foi a viagem mais fascinante da minha vida!

Então vem conhecer Bangkok com a gente!

 

Quando ir:
É recomendável ir para a Tailândia na temporada entre novembro e fevereiro, pois sendo o inverno deles, o clima fica mais agradável (em média 25º). Normalmente, faz muuito calor e pode chover muito em outras épocas. É bom levar roupas frescas, calças molinhas para entrar nos templos e sempre andar com um casaquinho na bolsa, pois é proibido entrar nos templos de camiseta!

Como chegar:
A nossa rota foi a seguinte: Salvador – São Paulo (pela TAM); São Paulo – Zurique (pela Swiss Air); Zurique – Bangkok (pela Thai Airlines). Levamos, aproximadamente, 30 horas para chegar ao nosso destino, considerando o tempo de vôo e o tempo em trânsito.

Logo que desembarcamos no lindíssimo aeroporto internacional Suvarnabhumi, ficamos impressionados com a sua grandiosidade. Centenas de esteiras rolantes, carrinhos de golf circulando com passageiros prioridade ou clientes que chegam de primeira classe, diversas lojas, e orquídeas de todas as cores decorando os ambientes, transmitindo a sensação de estarmos em um outro mundo. Realmente impressionante! Quem nunca leu sobre o país sai do aeroporto achando que vai encontrar alta tecnologia e muita riqueza na sua capital, Bangkok. Mas não é exatamente isso que encontramos por lá.

(imagem com créditos)

Chegando mais próximo do centro da cidade, já começamos a notar um verdadeiro caos urbano, com tuc tucs partindo de todos os lados, milhões de moto taxis, geeeente que não acaba mais nas ruas, muita poluição…e, em meio a tudo isso, diversos templos Budistas, já deixando claro o tanto de contrastes que iríamos encontrar pela frente.

(Dicas de Bangkok/ carro novo na cidade)

A cidade de Bangkok é pulsante, cheia de prédios bonitos, misturados a construções antigas e bem pobres. É considerada a Veneza da Ásia, pois o rio Chao Phraya, que corta a cidade, ainda é utilizado como meio de locomoção.  O turismo é o setor da economia que “sustenta” o país, aliado ao setor têxtil. O povo é tão alegre quanto o brasileiro e extremamente solícito.

Mas o que realmente impressiona, não só na capital, mas em toda a Tailândia, é o respeito, amor e devoção à religião. Mais de 80% do povo tailandês segue o Budismo e o restante segue o Islamismo, Cristianismo ou nenhuma religião. Quando digo que “segue”, quer dizer que são TODOS praticantes e veneram o Buda e a sua história. As crianças começam a freqüentar os Templos sagrados desde cedo e os monges são admirados e respeitados como se fossem verdadeiros homens santos. Curioso é que eles não podem triscar numa mulher, pois se tornam impuros e têm que passar por rituais de purificação. Diante disso, não poderia faltar no nosso roteiro a visitação a diversos templos Budistas, para conhecer e tentar entender melhor esse amor à religião. Estava muito ansiosa!

(Dicas de Bangkok/ templos)

Nos hospedamos no divino Mandarin Oriental, às margens do rio Chao Phraya. Extremamente confortável, nos surpreendeu com o excelente serviço, inclusive com mordomo, comida divina, vista maravilhosa do quarto, dentre outros detalhes. O hotel foi tão fantástico que dediquei um post só para ele: Mandarin Oriental Bangkok: um dos melhores hotéis do mundo.

(Dicas de Bangkok/Mandarin Oriental)

Também experimentamos o Novotel Bangkok Suvarnabhumi por uma única noite, já que pelo horário do vôo de volta para o Brasil, seria necessário sair muito cedo. Foi uma experiência magnífica. Nunca fiquei num hotel de aeroporto tão luxuoso, com quarto de primeira, vários restaurantes, e até exposição de arte no lobby. O hotel é 24horas Flex, ou seja, você tem direito a ficar 24 horas, a partir da hora do seu check-in. Além do mais, há um serviço gratuito de shuttle para o aeroporto que funciona 24horas e é muito organizado, com carros indo e vindo a todo instante. Nota dez!

 

Onde comer em Bangkok:
Os melhores restaurantes de Bangkok ficam nos hotéis de luxo da cidade. No Mandarin Oriental Bangkok, destaco o francês Le Normandie no alto do prédio, com uma vista deslumbrante para o rio Chao Phraya, o chinês The China House, com o seu buffet de dumplings e noodles no almoço, enlouquecedor de tão bom e o tailandês, Sala Rim Naam, com decoração lindíssima, cheia de tatames e musica tailandesa ao vivo, localizado às margens do rio. Há também o Lord Jim’s, de cozinha mediterrânea, com produtos fresquíssimos, e outras opções de restaurantes menores, na varanda do hotel, que servem buffet, cozinha internacional ou massas e pizzas! 

Como experiência gastronômica fora do Mandarin Oriental, experimentamos o restaurante Nahm, dentro do Metropolitan Hotel. Filial do Nahm de Londres, que foi o primeiro restaurante tailandês da Europa a ganhar 1 estrela no guia Michelin, a casa de Bangkok não deixa a desejar. Apesar de ser muuito longe de onde nos hospedamos, valeu a pena enfrentar o trânsito de Bangkok à noite, parecido com SP, para provar as iguarias desse tailandês sofisticado. Pedimos salada de camarões com pepino e capim santo, caranguejo com curry verde, sticky rice -aquele arroz grudadinho-, espetinho de frango com molhinhos diversos e estaca tudo uma delícia.

 

Passeios imperdíveis em Bangkok:
Uma dica importantíssima: Mesmo no verão, você vai precisar de roupas que escondam os braços e pernas para entrar nos templos! Senão, vai ter que comprar algum “trapinho”na porta para colocar por cima da sua roupa.

O  nosso primeiro passeio turístico em Bangkok foi no Grande Palácio Phra Borom Maha Ratcha Wang, antiga residência da família real. São várias construções com telhados típicos tailandeses, bem coloridos e com folhas de ouro. Ali, são realizadas cerimônias importantes para a Família Real e eventos oficiais. No site www.palaces.thai.net você encontra informações e fotos sobre esse e outros palácios no país.

Esse foi o nosso primeiro contato com algo que tinha haver com o Rei Bhumibol Adulyadej. A partir daí, passamos a perceber como o povo tailandês tem verdadeira adoração pelo Rei e sua família. Eles o respeitam e amam, não só por ser o Rei, mas por ser um homem humilde, que ajuda o povo, que vai pessoalmente nas casas dos cidadãos mais necessitados e ajuda-os. Conversamos com muitas pessoas, e percebemos que a adoração é quase unânime. Vale dizer que o seu reinado já dura mais de sessenta anos!

(De chapéu do camelô na entrada do Grande Palácio)

O Grande Palácio abriga o lindo Templo do Buda Esmeralda Wat Phra Kaew, que na verdade é feito de jade e não de esmeralda.

 (Dicas de Bangkok/Templo do Buda Esmeralda)

 (Dicas de Bangkok/Templo Buda Esmeralda)

(Dicas de Bangkok)

Partimos então para visitar outros templos Budistas da cidade. Cada um com a sua magia, beleza, imponência e história. Os que mais impressionam, além do Templo do Buda Esmeralda Wat Phra Kaew, são o Templo do Buda deitado Wat Pho, e o Templo do Buda de Ouro Wat Traimit. Esses são realmente imperdíveis e dá para visitar todos em um único dia. Eu disse “visitar”, pois se o objetivo for curtir a energia do local, rezar e ficar meditando, pode separar mais tempo. Valerá a pena!

 (Dicas de Bangkok/Templo Buda deitado)
(Dicas de Bangkok/Templo Buda de ouro)
 (Dicas de Bangkok/Templo Buda de ouro)

Há diversos outros Templos espalhados pela cidade de Bangkok, tanto com arquitetura tailandesa, como o Templo de mármore (Wat Benchamabophit) e o Templo do Amanhecer (Wat Arun), quanto com arquitetura chinesa, encontrados nos arredores da Chinatown, o bairro chinês.

Por falar em Chinatown, também é um lugar interessante para conhecer. Além dos Templos chineses, vende um monte de muamba, tem várias casas de massagem tailandesa, gente fazendo depilação de linha na calçada, carrinhos vendendo comida chinesa…uma loucura! Ah…E tem váaaaarias lojas que vendem jóias e ouro de todo quilates, por uma pechincha. Mas para comprar jóia de boa qualidade mesmo, melhor conferir a S.J. International Jewelry, que fica fora do bairro.

 (Dicas de Bangkok/ Chinatown)

Também vale a pena ir nas feiras/mercados de rua da cidade para conhecer os temperos típicos, frutas e comidas! Vocês sabiam que eles utilizam alguns insetos secos como tempero?! Tinha um que parecia um grilo com perfume de anis!! O guia disse que é só masserar os bichinhos secos e utilizar o pó na comida. Segundo ele, tem quem não viva sem!!! Dessa vez eu cheirei…dá próxima, experimentarei! Uma das iguarias que provei e achei gostoso (com gosto de pipoca) foi a minhoca de bambu.

(Dicas de Bangkok/ feira de rua)
 (Dicas de Bangkok/ feira de rua)

Não deixe de visitar o mercado de flores Pak Klong Talad. Galpões imensos e ruas inteiras com milhares de tipos de flores e plantas exóticas à venda. Algumas até bem parecidas com as nossas plantas tropicais. É tanta gente vendendo flores e fazendo coroas de jasmim para fazer oferendas ao Buda no templo, que é difícil sair de mãos vazias…nem que seja para enfeitar a cabeça ou perfumar o quarto do hotel.

(Dicas de Bangkok/ mercado de flores)

Para entender a vida do povo ribeirinho, imperdível o passeio pelos canais do rio  Chao Phraya nos barcos em formato de gôndola. Os “gondoleiros” pegam os hóspedes no cais do hotel e você pode acertar o valor diretamente com eles.

(Dicas de Bangkok: povo ribeirinho do rio Chao Phraya)
(Dicas de Bangkok/palafitas no rio Chao Phraya)
(Dicas de Bangkok/ compras no meio do rio Chao Phraya)

Outro passeio incrível e que rende excelentes fotos é ir até o mercado flutuante de Damnoen Saduak. Existem várias empresas que fazem excursão para esse local de ônibus, como por exemplo a World Travel Service. Contudo, através delas, só se chega lá depois das 9:00 da manhã…e é das 5:00 às 8:00 que o verdadeiro mercado acontece, com diversos vendedores passeando pelo canal nas suas gôndolas, vendendo frutas, peixes, insetos, legumes…Depois das 8:00 horas, a comida é substituída por souvenires! Então, se quiser sentir a cultura local, sugiro que contrate um motorista particular no seu hotel, depois entre numa gôndola e tome seu café da manhã em estilo “veneziano”. Super interessante!

(Dicas de Bangkok/ caminho até chegar a Damnoen Saduak)
(Dicas de Bangkok/caminho até chegar a Damnoen Saduak)
(Dicas de Bangkok/Damnoen Saduak)
(Dicas de Bangkok/Damnoen Saduak)

(Dicas de Bangkok/Damnoen Saduak)

E por fim, que quiser fazer compras de artesanato local deve ir ao mercado Chatuchak, que acontece nos finais de semana. Na loja Jim Thompson, você encontrará lindas capas para almofada de seda e camisetas fofíssimas para crianças. Os shopaholics podem gostar do King Power Duty Free, um shopping no centro da cidade, com cosméticos, maquiagem, e muitos importados. O mesmo grupo possui várias lojas nos principais aeroportos do país. Há diversos outros centros comerciais, mas não fui a nenhum. Mesmo assim, segue uma listinha: Siam Paragon; Siam Centre and Square; Gaysorn Shopping Complex; Central Department Store; Emporium Shopping Complex.

E então? Gostaram de Bangkok? Eu amei muito e pretendo voltar em breve!

🙂

 

Tags:

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Dirceu Meireles

    set 08, 2013

    Muito bom Pri... Espero também um dia conhecer essa parte do mundo e certamente suas dicas serão super bem vindas.

    Responder
    • Priscila Reis

      set 08, 2013

      Legal Dirceu!! Um beijão Pri

      Responder
    • alessandra verssalys

      set 11, 2013

      Olá amada gata, que viagem linda vc fez realmente, daqui a menos de um ano pretendo ir para a Tailandia para realizar minha cirurgia de Readequação Sexual, aparentemente sou uma mulher, só me falta mudar de sexo e desejo muito fazer lá que é referencia mundial.... e só de pensar em viajar pra lá sozinha fico muito preocupada, pois nunca fiz nem uma viagem internacional básica, não sei falar outro idioma e isso tudo me dá pânico!... Bjs 1000 Gata

      Responder
      • Vivian

        dez 30, 2013

        Oi alessandra vamos juntas tenho os mesmos medos e os mesmos pensamentos que vc! Me manda um email e vamos conversar! Vivianzinharibeiro@hotmail.com um abração a vc tudo de bom e feliz 2014

        Responder
      • Sergio Santangelo

        set 20, 2013

        Oi Priscila! Tudo bem? Muito legal sua viagem!! Eu e mais quatro amigos vamos para o sudeste asiático em abril ou maio do ano que vem. Estamos começando a pensar nos países e roteiro... com certeza a Tailândia estará entre eles! Se puder me passa seu e-mail para trocarmos uma idéia.. Abraço, Sergio

        Responder
        • Priscila Reis

          set 20, 2013

          Sergio, Tudo bem? Que bom que gostou :) Com certeza, vocês irão amar a Tailândia! Se você precisar de alguma coisa, pode postar um comentário que respondo super rápido. Assim, socializamos a informação. Mas segue email: priscilareis@voali.com.br Abraços Priscila

          Responder
        • mariaangeladinizAngela Diniz

          set 28, 2013

          Olä Priscila! Parabens pelo Blog!! Voce sabe de algum guia na Tailandia que fale portugues? Obrigada. Angela

          Responder
          • Priscila Reis

            set 30, 2013

            Prezada Maria Angela, Obrigada pelo elogio. Infelizmente, não conheço guia que fale português na Tailândia. Eu utilizei o guia da empresa Abercrombie & Kent: http://www.abercrombiekent.com/ Se você entrar em contato com eles, pode ser que tenham alguém para você. Na minha época, tinha apenas guia falando inglês. Abraços Priscila

            Responder
          • jose rivelino

            out 25, 2013

            ola priscila tudo bem, tem como vc me passar algumas imagens de praias e comentar sobre elas , é que pretendo ir conhecer esse pais em abril, pode me dar alguma dica

            Responder
            • Priscila Reis

              out 25, 2013

              Jose Rivelino, A única praia que conheci na Tailândia foi Phuket, a qual recomendo imensamente. Em breve publicarei um texto sobre ela, mas antes disso, olha o hotel que me hospedei lá: http://www.amanresorts.com/amanpuri/resort.aspx abraços Priscila

              Responder
            • Soraia

              dez 05, 2013

              Oi Pri, vou para Bangkok, mas nao vou para o norte da Thailandia. Tem opçoes para o passeio de elefante na capital? Gostaria muito de fazer este passeio.... Abraços Soraia

              Responder
              • Priscila Reis

                dez 09, 2013

                Soraia, Infelizmente, desconheço lugar para passear de elefante em Bangkok. É uma cidade imensa, cosmopolita. Pode ser que tenha algum lugar perto, mas é melhor conferir com o seu hotel :) abraços Priscila

                Responder
              • Renata Araujo

                jan 17, 2014

                Oi, Pri, Também estou no MO de Bangcoc e estou amando! Adorei o post e vou seguir suas dicas, já que acabei de chegar. A Thailândia é mesmo diferente de tudo. bjos Renata

                Responder
                • Priscila Reis

                  jan 17, 2014

                  Renata, Aproveite pois a Tailândia é realmente um encanto! Vai para Chiang Mai, Chiang Rai, Phuket ou Koh Samui? beijos Priscila

                  Responder
                  • Guillermo

                    mar 02, 2014

                    Boa noite Priscila, Obrigado plas dicas. Vc recomenda Koh Samui para ficar 3 a 4 dias com a familia ou pelo curto periodo recomenda outro local erto de Bangko? Muito obrigado, Guillermo

                    Responder
                    • Priscila Reis

                      mar 14, 2014

                      Guillermo, Apesar de não ter conhecido Koh Samui, tenho amigos que foram e amaram. Acho 4 dias perfeito para curtir a praia na Tailândia. Fui para Phuket, passei 4 dias e amei. abraços Priscila

                      Responder
                • Andrea

                  jan 24, 2014

                  Priscila vou a Tailândia com meu marido ainda este ano,poderia me passar seu e-mail,pois tenho algumas dúvidas e gostaria de sua ajuda. Sou do Rio de Janeiro e estou pretendo fazer Bancoc, Chiang Mai, Puket . Gostaria de dicas, tipo qual o melhor local para ficar hospedado e quanto dias sçao suficientes.

                  Responder
                  • Priscila Reis

                    jan 26, 2014

                    Andrea, Fique à vontade de perguntar o que quiser por aqui. É bom que respondo para você e permite aos outros leitores lerem também a resposta. Também temos a página do VOALI no face: https://www.facebook.com/voali beijos Priscila :)))

                    Responder
                  • Part Time Lady

                    fev 01, 2014

                    Olá. Estou iniciando agora em fevereiro uma viagem de volta ao mundo. Suas dicas de Bangcok ajudaram bastante Beijo

                    Responder
                    • Bernadete rizzo da rocha loures

                      mar 01, 2014

                      Gostei muito das dicas Priscila!!!!! Além do q vc é bonita e tem um bom texto. Vou p a Tailândia, Camboja e Vietnã dia 14 agora. Vc ficou só em Bangkok? Foi em alguma praia? Nos jantares é necessário levar uma roupa mais bacana, salto? Dete

                      Responder
                      • Valeria merlo

                        mar 09, 2014

                        Oi querida, estou indo em julho p a Tai. Infelizmente n tenho como viajar em outra época. Adorei suas dicas e gostaria de saber se vc foi p o norte? Bjos e obrigada!

                        Responder
                        • Priscila Reis

                          mar 14, 2014

                          Oi Valéria, Tudo bem? Fui para o norte sim, e fiquei hospedada num hotel de luxo nos arredores de Chiang Rai. Super recomendo visitar o templo branco, que é belíssimo. Os campos de arroz da região de Chiang Mai também são belíssimos. abraços Priscila

                          Responder
                        • Beats

                          mar 13, 2014

                          Muito boa as dicas! Parabéns!!!

                          Responder
                          • Priscila Reis

                            mar 14, 2014

                            Obrigada Bruno :) abraços Priscila

                            Responder
                          • maria aparecida mandelli

                            mar 14, 2014

                            Muito boas sua dicas. Vou com amigos este mês para Tailândia. Estão no roteiro Bangkok, Phuket e ,Chiang Rai. Estou ansiosa e espero gostar

                            Responder
                            • Priscila Reis

                              mar 14, 2014

                              Maria Aparecida, Tenho certeza de que será uma viagem maravilhosa! Chiang Rai é uma cidade bem pequena, mas próximo a ela fica o Templo Branco, que é um lugar mágico e lindo. Phuket tmb é um sonho, com praias paradisíacas. Aproveite :) Priscila

                              Responder
                            • Maria José Sento-Sé

                              abr 27, 2014

                              Parabéns pelo blog. Suas dicas são super interessantes...Gostaria de saber qual é a forma mais econômica de reservar uma estadia no Mandarin de Bangkok em dezembro. Grata Maria

                              Responder
                              • Priscila Reis

                                abr 28, 2014

                                A forma mais prática e econômica para se fazer reserva em hotéis de luxo como o Mandarin Oriental Bangkok é através de websites especializados em reserva pela internet. Recomendo este link: http://goo.gl/MDapQ9 abraços e boa viagem Priscila

                                Responder
                              • Carlos

                                maio 10, 2014

                                Ótimo seu post. Estou onde em setembro e me ajudou muito!!! Parabéns

                                Responder
                                • automacao email marketing

                                  maio 22, 2014

                                  Muito bom !!

                                  Responder
                                  • seguidores no twitter

                                    maio 27, 2014

                                    Amei !

                                    Responder
                                    • Raíssa

                                      nov 05, 2014

                                      Priscila, vc usou os serviços de algum guia em Bangkok? Estou à procura de alguém que fale português e espanhol, pois stou indo com um grupo de amigos que não fala inglês. Obrigada!

                                      Responder
                                      • Priscila Reis

                                        nov 05, 2014

                                        Raíssa, Contratamos um guia em inglês através da empresa Abercrombie & Kent http://www.abercrombiekent.com/ Infelizmente não conheço nenhum guia lá que fale em português ou espanhol, mas talvez a empresa tenha. abraços Priscila

                                        Responder
                                      • Duangdara thepphawan

                                        jul 06, 2015

                                        ola, sou a DARA , tailandesa, guia portugues na tailandia, sempre tenho vontade pra ajudar montar o roteiro aqui, email kduangdara@yahoo.com

                                        Responder
                                        • DEDÉ MÉSSICI

                                          maio 26, 2016

                                          Parabéns pelo Blog e também pela dedicação, eu e minha esposa estamos indo para Bangkok no final de outubro, com certeza sua dicas irão somar muito. Um forte abraço e obrigado.

                                          Responder
                                          • Priscila Reis

                                            maio 27, 2016

                                            Obrigada Dedé :)

                                            Responder
                                          • Ana

                                            jan 19, 2017

                                            Oi Priscila, Estou indo para Bangkok mês que vem. Vc ficou com guia todos os dias? Quero ir a um mercado de rua no domingo, preciso de guia para me acompanhar ou posso pegar taxi no meio da rua?

                                            Responder
                                            • Priscila Reis

                                              fev 12, 2017

                                              Ana, E preferi estar com guia a maior parte do tempo, mas também saí sozinha com o cartão do hotel e não tive problema em voltar, seja de táxi ou de tuc tuc :)

                                              Responder
                                            • Dedé Méssici

                                              jan 29, 2017

                                              Parabens Amigo, e muito obrigado pelas dicas, de fato é surpreendente Bangkok, gostamos muito. Recomendo, a Tailandia é um país que para quem quer conhecer uma cultura de gente linda e agradável, deve programar na vida uma viagem.

                                              Responder