Reserve Agora logo

Dicas de Florianópolis: praias, restaurantes e passeios

Adriana Lacerda| Out 1, 2011 | Onde comer , O que fazer

Minha amiga de infância, Adriana Lacerda, conhecida como Teté e autora do ótimo blog Escapismo Genuíno, fez um texto incrível com as melhores dicas de Florianópolis. Vejam abaixo:

“Meu lugar predileto em Floripa é Santo Antonio de Lisboa. Um bairro autêntico e bucólico, onde adoro comer e tomar cerveja nos decks vendo o balanço do mar, ou um até mesmo um pôr do sol colorido. Gosto do camarão na moranga do Bate Ponto, mas pra uma cerveja gelada e apreciar a vista, também adoro os petiscos do Chão Batido.


(Santo Antônio de Lisboa)

Praias? Adoro a Mole, a Brava e o Riozinho do Campeche. Mas são 42 ao todo. Tem muita areia pra percorrer.Para se sentir num balneário meio europeu, tem o lounge Blue com suas tendas brancas na praia Mole os ombrelones e deck do Café Riso Plage em Jurerê.

Mas eu gosto mais é do simples, do pé no chão, sem pretensão. Do pastel de camarão com catupiry com 100 gramas de recheio do Box 32 do Mercado Público. De sentar nas mesas de plástico do restaurante Muqueca da Ilha no Ribeirão e ver o mar.

Gosta de ostras? Então ande pelas ruas de pedra do Ribeirão da Ilha, passeie pelos casebres coloridos. Ali é o epicentro do cultivo de ostras. O ambiente mais bonito é do Porto do Contrato. Não perca o pôr do sol visto de lá. Já o tradicionalismo fica com a variedade de temperos das ostras do Ostradamus. Mas eu também passaria pelo Umas e Ostras e Ostras e Ostras Coisas. Além da qualidade dos moluscos, o forte também é o trocadilho.


(Ribeirão da Ilha)

(Ostras frescas)

No Centrinho da Lagoa, bairro simpático, tem o melhor açaí e sucos naturais no Suco da Saúde. Os proprietários, Patricia e Rodrigo, estão sempre ali, de sorriso aberto. Aproveite e experimente os sanduíches gourmet.Para fugir um pouco da sequência de camarão, recomendo o Thai, também no Centrinho da Lagoa, que além de pratos deliciosos, tenho desejos pelas caipirinhas, principalmente a de banana. Sim, eu falei banana.Um lugar romântico é sem dúvida o Bistrô Isadora Duncan, que além de uma vista linda, é um boutique hotel de um quarto só.

O lar da haute cuisine de Florianópolis chama-se Bistrô Muito Além do Jardim. Este é o ápice da gastronomia de ilha. É necessário fazer reserva, pedir referencias e até ligar para perguntar qual das casas no Beco dos Surfistas é onde se esconde o Bistrô. O que eu adoro da ilha, é comer e beber com vista para alguma água, seja a Lagoa ou o mar.O forte do restaurante Ponta das Caranhas é a vista, mas encontram-se bons mariscos.

Para um programa pé no chão, pé na água, pé no píer, vá para a Costa da Lagoa.Pegue um barquinho ali na ponte do Centrinho da Lagoa. O passeio é de 40 minutos para chegar aos restaurantes. O barco te deixa num pier onde tem um restaurante atrás do outro, todos com cerveja gelada e mariscos frescos. Um programa despojado e agradável.Eu me rendi aos encantos da ilha da magia. Bom para os olhos e para o paladar, não tem como não amar”.


(Costa da Lagoa)

Por Adriana Lacerda

Adriana Lacerda nasceu em Salvador, na Bahia, mas é do mundo. Quando morava no Chipre, país desconhecido por muitos, decidiu começar um blog e relatar as idiossincrasias da vida naquela ilha no Mar Mediterrâneo. Depois de muitos anos morando fora, entre Peru, Estados Unidos, Espanha e Chipre, decidiu voltar para o Brasil. Há um ano chama Florianópolis de casa, mas está sempre na estrada. É viciada em viajar, apaixonada por fotografia e se aventura na cozinha. Os relatos de sua passagem por mais de 40 países estão no seu blog Escapismo Genuíno.

Tags:

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Roddy Romero

    out 20, 2014

    Tem um passeio que eu recomendo bastante que é de belezas naturais pelo Sul da Ilha. Praia do Matadeiro, visita ao projeto lontra da Lagoa do Peri, praia da Solidão, uma trilha curta de meia hora, mas linda até a praia do Saquinho. Almoço na casa de um morador local que não tem energia elétrica por opção e encerra no Ribeirão da Ilha, com degustação de ostra. O facebook do pessoal é esse e o site: https://pt-br.facebook.com/ecoexperienciasflorianopolis e www.ecoexperiencias.com.br

    Responder