Melhores restaurantes de Dubai Compartilhe:

Melhores restaurantes de Dubai

Compartilhe:
Índice:

    Os melhores restaurantes de Dubai ficam dentro dos hotéis ou de algum prédio famoso, já que não é permitido servir bebida alcóolica devido aos costumes locais. Há milhares de opções e cada hotel acaba tendo vários restaurantes. Não deixe de fazer reserva!

    Aqui vão algumas dicas:

    1. Armani Hotel:
    Todos os restaurantes do Armani hotel são muito bons. O Armani Mediterrâneo abre no almoço. Os outros restaurantes, Ristorante Armani, italiano chic, e o Armani Amal, indiano fantástico com vista para a famosa fonte de Dubai, só abrem para o jantar.


    (Melhores restaurantes de Dubai: Armani Amal à esquerda e o salão do Armani Deli à direita)


    2. Atmosphere:
     
    Localizado no 123º andar do Burj Khalifa, prédio mais alto do mundo, esse restaurante de comida internacional oferece um vista espetacular da cidade, num ambiente agradável. Vale mais pela vista do que pela comida, mas vale!


    (Melhores restaurantes de Dubai: Atmosphere)

     

    3. Al Qasr Hotel Madinat Jumeirah: 
    Pierchic é um restaurante lindo, sobre o mar, num pierzinho praticamente construído para ele. Serve frutos do mar, peixes frescos e foi altamente recomendado pela Time Out Magazine de Dubai como um dos melhores restaurantes de frutos do mar e um dos melhores restaurantes românticos da cidade.


    (Melhores restaurantes de Dubai: Pierchicl)

     

    4. Mina A’Salam Hotel Madinat Jumeirah
    Como amante da verdadeira culinária chinesa, não podia ter deixado de ir no comentadíssimo Zheng He’s, dentro do Mina A’Salam Hotel. Este restaurante chinês delicioso fica localizado na beira dos canais artificiais do complexo Madinat Jumeirah. Além de comer super bem, você ainda pode passear de barquinho pelos canais! O dim sum de lá é delicioso.


    (Melhores restaurantes de Dubai: Na varanda do Zheng He’s, com o Burj Al Arab ao fundo!)


    5. Grosvenor House Dubai:
     
    Esse hotel sedia o famoso Buddha Bar Dubai. O restaurante mantém as características de todos os Buddha Bares do mundo, com aquele Buddha gigante decorando o salão, comida asian fusion de qualidade e vira baladinha depois da meia noite. Tomei uma sopa deliciosa de frango, leite de côco, curry e chilli. No mesmo hotel você também pode comer indian food no Indego, que está super bem cotado, mas não cheguei a experimentar.

    6. Atlantis The Palm Hotel:
    Tenho indicação de dois restaurantes neste hotel, apesar de não ter ido a nenhum deles: o Ossiano, comida mediterrânea com vista para aquário do hotel e o Nobu, japa fusion famoso pelas unidades de Londres, NYC e Miami.

    7. Burj Al Arab Hotel:
    O primeiro hotel sete estrelas do mundo oferece várias opções de restaurantes, e não deixa de ser um acontecimento comer em algum deles, nem que seja para poder entrar no hotel, já que o acesso só é permitido para hóspedes ou pessoas com reserva. Se estiver interessado na vista, vá no Al Muntaha, que serve comida internacional. Se preferir comer frutos do mar vendo os peixes num super aquário, tente o Al Mahara. Se a pedida for comida árabe, experimente o Al Iwan e se optar por comida japonesa, tem ainda o Junsui. Mas se você quiser apenas tomar um drink e sentir o clima do hotel, reserve uma mesa no Skyview Bar e relaxe! 

    8. Bice Mare:
    No Souk Al Bahar, essa é a minha dica para quem quiser almoçar frutos do mar na região do Dubai Mall, mas não servem bebida alcoólica!

     

    Quer saber mais sobre Dubai? Então leia o post: Dicas completas de Dubai: a melhor do mundo

     

    Compartilhe:
    Tags:
    Priscila Reis

    Baiana, viajante profissional e advogada na área de direito digital, fundou o site #voali depois de muitas andanças pelo mundo, aliado ao seu interesse por tecnologias da internet. Prefere voltar a um lugar amado mil vezes do que conhecer mil lugares.

    11 Comentários
    • Barbara
      Posted at 17:02h, 16 setembro Responder

      Olá.. fui fazer a reserva do restaurante Peck (me deu muita vontade de comer o tal risoto de trufas) e não achei este nome.. Help me!!

      • Priscila Reis
        Posted at 14:01h, 17 setembro Responder

        Barbara,
        Acabei de conferir e o Peck foi transformado em Armani Deli. Vou ajustar o post. Deve ser bom também pois tudo nesse hotel é caprichoso. Se for, deixa um comentário aqui no blog contando o que achou.
        abraços
        Priscila

        • Barbara
          Posted at 13:51h, 21 setembro Responder

          Obrigada! começo do mês estou indo e fiz a reserva em vários que vc indicou.. depois comento aqui.. abraços! Barbara

    • gabriel
      Posted at 21:07h, 08 outubro Responder

      qual o valor médio das refeições?

      • Priscila Reis
        Posted at 22:58h, 08 outubro Responder

        Gabriel,
        Tudo bem? Esses restaurantes da lista são considerados top. Entre 50 e 100 dólares por pessoa.

    • Patricia de Almeida Cardoso
      Posted at 10:46h, 30 novembro Responder

      Priscila, pela sua experiência, se fosse fazer uma lua de mel hoje para onde iria?
      Desde já obrigada pela atenção.

      • Priscila Reis
        Posted at 17:03h, 17 dezembro Responder

        Patrícia,
        Tudo bem? Pergunta difícil essa! São muitos lugares nesse mundo, cada um com uma coisa mais especial que a outra. Como gosto de movimento, optei por uma lua de mel na Tailândia e foi maravilhosa! Além de relaxar em praias lindas, há templos, cultura riquíssima e cidades pulsantes como Bangkok.Há opções maravilhosas também como Maldivas e Tahiti, a costa da Califórnia, Bali. Enfim, muitas opções!!! Depende do seu estilo de viagem 🙂

    • Renata
      Posted at 20:05h, 04 março Responder

      Olá, vamos dar uma passada em Dubai (a caminho do SE asiático) e queríamos um restaurante especial. Sei que é bem difícil, mas entre o Buddha Bar e o Pierchic, você ficaria com qual. E uma opção de boa comida árabe para almoço. Estamos em contato com Natália, e falamos que a contactamos por indicação do seu blog. Obrigada!

      • Priscila Reis
        Posted at 14:43h, 12 março Responder

        Oi Renata,
        Que bom saber que vocês irão contratar a Natália. Ela é uma fofa e muito especial. Fala em nome do voali tá! Eu recomendaria o Pier Chic, com certeza. É muito mais exclusivo do que o Buddha Bar, além do que só tem esse Pier Chic no mundo, e o Buddha Bar tem vários em mil lugares. Para o almoço árabe, tentaria o Al Iwan Restaurant, um dos restaurantes que ficam dentro do famoso hotel Burj Al Arab: https://www.jumeirah.com/en/hotels-resorts/dubai/burj-al-arab/restaurant-at-burj-al-arab/al-iwan/
        Aproveite e volte aqui para contar como foi tá?!
        abraços
        Priscila

    • Andrea Bachour
      Posted at 19:00h, 06 novembro Responder

      Ei Priscila,
      Como seguidora e apreciadora de suas dicas, sempre muito legais, venho lhe dar um feedback sobre o restaurante Al Iwan, de comida árabe, no Burj.
      Não sei o quão conhecedora de comida árabe você é, mas como esposa de descendente de libanês e acostumada a degustar as delicias dessa cozinha, recomendo que você delete de uma vez esse restaurante, cuja comida é da pior qualidade. Não vale o preço que se paga (comida libanesa de shopping center é bem superior), bem como o ambiente nada tem de sofisticado ou agradável. Muito pelo contrário: é um festival de cafonice, tal qual o resto do hotel. Já comi nos outros dois restaurantes do Burj, que também não indico, mas cometi o erro de tentar mais uma vez para que o meu marido conhecesse o famoso hotel “7 estrelas” ( não existe 6, muito menos 7, não é mesmo?). Enfim, me senti a própria “suburbana” visitando aquele show de mau gosto, que não vale nada mais do que uma tradicional foto de LONGE!!!!!!

      • Priscila Reis
        Posted at 17:39h, 09 novembro Responder

        Bom saber Andrea! Como tem bastante tempo que fui a Dubai, as dicas acabam ficando de acordo com aquele tempo. Deixo o seu comentário publicado para que outras pessoas vejam. 🙂
        abraços
        Priscila

    Deixe seu comentário