Como chegar e se locomover em Noronha: bugre, táxi ou ônibus Compartilhe:

Como chegar e se locomover em Noronha: bugre, táxi ou ônibus

Compartilhe:
Índice:

    Como chegar e se locomover em Noronha: bugre, táxi ou ônibus

    Vôos para Fernando de Noronha

    Para chegar em Noronha, existe apenas uma rota com vôo direto, que é partindo de Recife. Tanto a Gol quanto a Azul fazem a rota, que dura aproximadamente 1h10min e custa em torno de R$1000 a R$1500, a depender do período. Fique de olho nas promoções e caso planeje ir no Carnaval ou no Reveillon, compre com bastante antecedência. Os aviões são pequenos, com dois lugares de cada lado. se conseguir, escolha o assento na janela do lado esquerdo da aeronave, para poder curtir o maravilhoso visual da Baía do Sancho e Morro Dois Irmãos.

    Como se locomover em Fernando de Noronha

    Ao chegar na ilha, você terá que pensar na melhor forma de se locomover por lá, pois como a faixa é extensa, não dá para ficar apenas andando a pé. Por isso, a minha primeira recomendação é alugar um bugre, veículo simples e “atrevido”, que dá conta das ladeiras de pedras, barro e areia. Mas é sempre bom reservar com antecedência, para não correr o risco de ficar sem, caso a ilha esteja lotada.

    Importante saber que o posto de gasolina da ilha de Fernando de Noronha fica próximo ao Porto. Caso precise abastecer, fique atento às distâncias, para não ficar parado na estrada!

    Uma outra opção é andar de táxi, que conta com uma tabela própria de corrida bem salgadinha, ou então andar de ônibus, sabendo que os ônibus só transitam pela estrada principal e mediações, não entrando nas ruelas que dão acesso à maioria das praias. Dessa forma, quem resolve ficar de ônibus vai sempre andar um pouco mais até chegar ao destino final.

    Como a ilha tem uma vibe muito amigável, ainda tem a opção de ficar pegando carona 🙂

    E então? Gostou das nossas dicas de como chegar e se locomover em Noronha? Deixe seus comentários.

    Compartilhe:
    Leia mais:
    Amanda Zaira Pereira Almeida
    Sem comentários ainda

    Deixe seu comentário