Reserve Agora logo

Dicas de Mendonza: melhores hotéis, vinícolas e restaurantes

Priscila Reis| Set 22, 2015 | O que fazer

Dicas de Mendonza: melhores hotéis, vinícolas e restaurantes

Mendonza é território de algumas das vinícolas mais charmosas das Américas. Responsável pela produção de mais da metade do vinho argentino, Mendonza será lembrada sempre como a terra das boas taças, porém existe mais a ser explorado. No inverno, estações de esqui e durante o ano todo, restaurantes, lojas e bares com mesas espalhadas pela calçadas são o charme da cidade, além da proximidade com a Cordilheira dos Andes.

(Dicas de Mendonza: melhores hotéis, vinícolas e restaurantes)

Quando ir:
Cada estação tem seu brilho, sua cor, seu mistério, mas entre janeiro e março, os vinhedos passam pelo período de conservação e, somente em maio, ocorre a colheita. Março é o mês da Fiesta Nacional de Vendimia.


Hospedagem:
Fizemos um post especial sobre os Melhores hotéis de Mendonza: onde ficar.


Onde comer:
Como a gastronomia é um dos pontos fortes de Mendonza, escrevemos um post sobre os Melhores restaurantes de Mendonza.


Melhores vinícolas de Mendonza e passeios
A cidade oferece algumas atrações como ruinas, museus, capela e parques, mas o que recomendamos, sem dúvida, é a visita a uma das mil bodegas, instaladas em Mendonza e redondezas. Lembre-se de que não é aconselhável conhecer mais de duas bodegas por dia, pois o paladar comprometido dificulta a degustação e apreciação dos vinhos.

(Dicas de Mendonza: melhores hotéis, vinícolas e restaurantes)

Vejam abaixo a lista das melhores vinícolas de Mendonza:

Catena Zapata: berço de vinhos maravilhosos, dos mais amados da Argentina.

Bodega Casarena: A Casarena é uma vinícola moderna, que utiliza a tecnologia a favor da producão dos seus vinhos. Ainda abriga o Mun, conceituado restaurante da região. 

Bodega O. Fournier: ótima vinícola para ser visitada, que ainda cota com um belíssimo restaurante.

Bodegas Norton: vinícola pertencente à família dona da marca Swarovski. 

Trapiche: dona de uma belo espaço para acolher os visitantes, esta vinícola está aberta para visitacão todos os dias.

Terrazas Los Andes: pertecente ao grupo LVMH, além de vinícola, tem um maravilhoso restaurante.

Família Zuccardi: uma das mais bem preparadas para receber o turista, oferece passeio em carros antigos ou vôo de balão.

Tapiz: vinícola menor e de excelente qualidade. O valor pago pelo tour pode servir de crédito para comprar na loja local.

Bodegas López: além de vinícola, abriga um museu no subsolo.

Mendonza vinicola Beta(Dicas de Mendonza: melhores hotéis, vinícolas e restaurantes)

Outro programa que recomendamos é um passeio de carro pelos arredores da Cordilheira dos Andes. A estrada que liga Mendonza ao Parque Provinçal Aconcágua é repleta de curvas, que nos mostra o colorido das montanhas, além do Rio Mendonza.

(Dicas de Mendonza: melhores hotéis, vinícolas e restaurantes)

Se quer saber onde comprar vinhos em Mendonza, a grande dica é a  Vinoteca Wineryloja charmosa que vende vinhos, é claro, além degeléias à base de vinhos e outros itens para gourmets.

Para quem gosta de degustar um bom vinho e curtir o friozinho das montanhas, vale o programa.

Tags:

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Carol

    out 04, 2013

    Adorei o blog e eu gostaria de dividir a minha experiencia de viagem em Mendoza com vocês e dar a minha dica! Eu estou tentando aprender sobre vinhos e fui pra Mendoza, lá tive uma experiência inesquecível. Quando fui eu já tinha algumas vinícolas em mente..Catena, Pulenta…enfim, as mais conhecidas, mas por indicação da agencia de turismo também conheci algumas vinícolas que ainda não exportam vinhos para Brasil e amei. Também fiz o passeio na Alta Montanha…entrei no Parque Aconcágua, incrível a paisagem! Como era a primeira vez que eu ia, eu não quis arriscar e contratei os serviços com uma agencia de turismo. Eu não quis fazer os meus passeios num taxi ou de onibus, dizem que não é muito seguro e muitas vinícolas não recebem turistas sem prévia reserva. E se me permitem fazer uma sugestão para quem ainda não foi, eu recomendo a empresa de turismo Mendoza Holidays (www.mendozaholidays.com), planejei a minha viagem por e-mail e pude pagar os passeios ainda no Brasil, me atenderam super bem e me acompanhou uma guia de turismo brasileira que é assessora em vinhos. Me foram buscar na porta do hotel com um motorista argentino super simpático e educado e um carro super confortável, me senti super segura e aprendi muito com as dicas da guia. Quero voltar e conhecer mais lugares que por falta de tempo não pude ir. Boa viagem a todos! Beijos. Carol

    Responder
    • Priscila Reis

      out 08, 2013

      Carol, Simplesmente amamos quando leitores como você compartilham uma experiência bacana aqui no blog. Super obrigada :) beijos Priscila

      Responder